Boletim

Archivo

Apresentação do Boletim da UISG n. 172-2020

Descarregar o Boletim aqui

Talitha Kum: 10 anos !

Irmã Gabriella Bottani, smc, coordenadora internacional do Talitha Kum

Este boletim é inteiramente dedicado à Talitha Kum, a rede mundial de vida consagrada contra o tráfico de pessoas, que em 2019 comemorou 10 anos do nascimento da coordenação internacional, na União Internacional das Superioras Gerais. Celebrar é agradecer, em primeiro lugar a Deus, por nos acompanhar com fidelidade durante todos esses anos. Agradecer às mulheres, meninas, jovens que escaparam do tráfico e marcaram nossas vidas e nosso trabalho em rede. São elas que nos pediram para continuar a jornada que seguimos com coragem e determinação. Agradecer a cada Superiora Geral que acreditou, motivou e apoiou Talitha Kum e, finalmente, a todas as Irmãs, leigos e religiosos que, com competência, paixão, coragem e perseverança, dão vida às 53 redes da Talitha Kum no mundo e à coordenação internacional.

Em 2019, a celebração dos 10 anos foi marcada pelos seguintes eventos:

  • A apresentação do novo logotipo Talitha Kum em 8 de fevereiro de 2019. O logotipo foi projetado de forma participativa e expressa a identidade da Talitha Kum: uma mão laranja com uma espiral interna. A ideia expressa a dinâmica do encontro de duas mãos: a de Jesus que tomou a mão da menina. Do encontro e do toque vem a energia da vida. Um movimento que vem de dentro, que cura e fortalece, “levantou-se e começou a andar”. (Marcos 5,41-42) O encontro cria uma nova sinergia, que transforma e dá forças para levantar! A cor escolhida para a mão é laranja, símbolo da luta contra a violência contra as mulheres, cor ensolarada da esperança e da vida.
  • A mostra fotográfica “Nuns Healing Hearts”, (Irmãs curam corações), lançada pelo Papa Francisco durante a Assembleia Plenária da UISG em 10 de maio de 2019. A exposição fotográfica de Lisa Kristine, fotógrafa humanitária de renome internacional, coletou imagens do compromisso das Irmãs da rede Talitha Kum na Tailândia, Itália, México, Guatemala e Filipinas. A exposição foi apresentada nas Nações Unidas em Nova York para o Dia Mundial das Nações Unidas contra o Tráfico (30 de julho) e em novembro em Tóquio (Japão), por ocasião da visita do Santo Padre.

(https://nunshealinghearts.org/)

  • A Primeira Assembleia Geral da Talitha Kum, realizada em Roma de 21 a 27 de setembro de 2019 e que reuniu 86 representantes delegados e delegadas de todas as redes Talitha Kum.
  • A audiência com o Santo Padre, Papa Francisco, com os delegados e delegadas da Assembleia, realizada em 26 de setembro de 2019.
  • A publicação de “Talitha Kum 2009-2019”, editada por Peter Lah, SJ, e publicada pela Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Gregoriana. A publicação é o resultado do trabalho realizado pela Talitha Kum para a criação e implementação de seu banco de dados. Os dados coletados e processados ​​destacaram a consolidação e o crescimento quantitativo e qualitativo, tanto relacionados à formação das redes Talitha Kum, quanto aos serviços oferecidos.

Em 31 de dezembro de 2019, Talitha Kum reuniu 53 redes presentes em mais de 90 países em todos os continentes. Um compromisso que cresce e nos torna “vanguardas” da ação missionária da Igreja contra o flagelo do tráfico de pessoas, como disse o Papa Francisco, dirigindo-se aos delegados e delegadas da Talitha Kum:

“Alegro-me pelo importante trabalho que estão realizando neste ambiente complexo e dramático. Um trabalho que combina missão e colaboração entre instituições. Vocês escolheram permanecer na linha de frente. Portanto, as numerosas congregações que trabalharam e trabalham como “vanguardas” da ação missionária da Igreja contra o flagelo do tráfico de seres humanos merecem reconhecimento. E também trabalhando juntas: é um exemplo. É um exemplo para toda a Igreja, também para nós: homens, sacerdotes, bispos … É um exemplo. Continuem assim! “

(Discurso do Santo Padre Francisco aos participantes da primeira assembleia geral da “Talitha Kum”,A rede internacional de vida consagrada contra o tráfico de pessoas. 26 de setembro de 2019 – texto completo no anexo)

As palavras do Papa Francisco são muito bonitas e, ao mesmo tempo, são um chamado à responsabilidade. Elas ecoam a palavra do Evangelho “Talitha Kum”, um convite para avançar, levantar-se, continuar a jornada para sermos testemunhas credíveis de Cristo, deixando o Espírito de Deus tecer com nossas vidas, redes inclusivas e de apoio. Esta é a intuição missionária e profética que levou ao nascimento e crescimento de Talitha Kum!

Os artigos deste boletim reunirão vários elementos fundamentais para contar a história de Talitha Kum. Primeiramente, a história que começa no final dos anos 90 do século passado.

Depois, há a reflexão de Marcella Corsi e Giulio Guarini, professores universitários de economia política e membros do “Minerva” – Laboratório sobre diversidade e desigualdade de gênero. O artigo deles oferece um estudo aprofundado das causas do tráfico de seres humanos do ponto de vista das ciências econômicas. Combinando mulher e meio ambiente, o artigo propõe uma reflexão para uma nova economia, concluindo com uma provocação sobre a ambiguidade do mercado, apresentada por muitos teóricos da economia como promessa, que – como no caso do tráfico de pessoas – se torna uma ameaça.

Os dois artigos finais nos levam ao coração da TalithaKum, levando-nos à fonte inspiradora. O primeiro texto sobre a espiritualidade da Talitha Kum vem da reflexão de Jennifer Reyes Lay – diretora da rede Talitha Kum nos Estados Unidos e de Irmã Colleen Jackson, RSC, da rede australiana da Talitha Kum (ACRATH) e membro do Comitê Internacional de Coordenação da Talitha Kum. O segundo e último texto é de Elizabeth Green, pastora da Igreja Batista e teóloga, que nos mergulha na multidão narrada no capítulo 5 do Evangelho de Marcos, onde no versículo 41 encontramos a palavra aramaica: “Talitha Kum”.

Os discursos de abertura da Assembleia Geral da Talitha Kum, a mensagem integral do Papa Francisco dirigida aos delegados e delegadas da Assembleia e a declaração final dos delegados e delegada foram incluídas no apêndice do Boletim. Documentos que marcaram este décimo aniversário da Talitha Kum.

****

O Boletim UISG oferece às Superioras Gerais e às comunidades assinantes reflexões sobre a vida religiosa baseadas na Sagrada Escritura, teologia e espiritualidade.

Ele também visa promover uma melhor compreensão da vida religiosa, como ela está evoluindo em todo o mundo.

O boletim é publicado três vezes por ano em sete idiomas: alemão, francês, holandês, inglês, italiano, português e espanhol. Ele é enviado regularmente a todas as superioras gerais, membros da União por direito, bem como a pessoas, associações e organizações registrados como membros associados.

A quota anual como membro da UISG inclui uma assinatura anual ao Boletim UISG na língua solicitada pela Superiora Geral.

A fim de receber cópias adicionais para a Superiora Geral; ou fazer novas assinaturas para a Congregação no mundo; ou obter uma nova assinatura para as “não – Superioras Gerais”, é necessário escriver à: bollettino@uisg.org.

CUSTOS PARA CADA ASSINATURA
Europa 50 U$ or 45 Euro
Outros países  60 U$ or 50 Euro

Pago

Com autorização prévia da Secretária Executiva ou da Responsável do Boletim e confirmação das fontes, os artigos publicados no Boletim de UISG podem ser reproduzidos.

Para mais informações contactar:
Antonietta Rauti – Responsável Boletim UISG
Piazza di Ponte Sant’Angelo, 28 – 00186 Roma – Italia
bollettino@uisg.org – + 39 06 684002 32